Pronúncia em inglês é facilitada com alfabeto fonético.

Alfabeto Fonético Inglês

Aproximadamente 24% dos brasileiros falam o inglês fluentemente, apontam algumas estatísticas, baseadas em estudos no país. Mesmo sendo, relativamente, um número bastante baixo, é comum as pessoas conhecerem muitas outras que fazem ou já fizeram um curso de inglês. É claro que entre falar fluentemente e ter feito um curso há muitas diferenças e uma delas pode ser, inclusive, a dificuldade na pronunciação, bem como o fato de o estudante não praticar muito e depois acabar esquecendo tudo o que aprendeu.

De qualquer forma, hoje em dia, fala-se muito da importância do conhecimento do idioma inglês, por mais que tenha crescido a necessidade do conhecimento de outras línguas, é a língua inglesa que, ainda, é muito importante em termos profissionais, principalmente. Isso é visto a todo o momento, inclusive, quando se preenche um currículo virtual, onde a primeira opção como língua estrangeira que se domina é o inglês.

Como pronunciar melhor a língua inglesa

Para as pessoas que possuem a dificuldade em falar esse idioma, uma alternativa barata e ao alcance de todos é fazer uso do alfabeto fonético. Caso a pessoa que deseja falar bem o inglês já tenha um dicionário da língua inglesa em casa, essa alternativa vai sair de graça, uma vez que o alfabeto fonético está no próprio dicionário.

Com ele, a pessoa interessada vai aprender a pronuncia em inglês correta de todas as palavras. O alfabeto fonético Inglês, que na realidade é o mesmo utilizado em qualquer outra parte do mundo e, por isso, recebe o nome de alfabeto fonético internacional, é um sistema de letras e símbolos que vai mostrar como se fala corretamente qualquer língua, inclusive, o alfabeto inglês.

Para saber como é o som de cada letra e símbolo é muito fácil, basta olhar no início do dicionário, que exibe uma lista do som que deve ser emitido para cada caractere. Na realidade, todos eles são letras, muitas delas conhecidas pelos brasileiros, no entanto, há outras letras que se referem a outros idiomas, e as quais serão os necessários aprender o seu som, já que as letras que existem na Língua Portuguesa a pessoa já vai saber como se pronuncia.

O alfabeto fonético internacional possui cerca de 100 símbolos, no entanto, o mais comum nos dicionários de língua estrangeira é o uso de somente 44 destes símbolos para representar os sons dos verbetes. No caso do alfabeto inglês, existem alguns sons que não existem na língua portuguesa, entre eles, os mais comuns são o [ii] –que é pronunciado como um “i” longo, quase repetido; o [th] –idêntico ao som do “s” com a língua entre os dentes; e o [dh] – é um “d” com a língua também entre os dentes.

Alfabeto fonético para evitar erros comuns ao falar o inglês

Com essas dicas já se torna muito mais fácil entender o alfabeto fonético Inglês e fazer a pronuncia em inglês correta das palavras. Já que a língua inglesa não é o idioma dos brasileiros, é bastante comum que se façam confusões durante o aprendizado da nova língua, inclusive em relação às palavras menos usuais. Alguns erros são mais comuns, entre eles, em palavras como “engine” e “management”.

É comum que as pessoas digam “enjaine” e “maneigemente”, respectivamente, sendo que o certo é falar “engine” com a primeira letra “e” mais enfatizada e com o “g”com som de “dj”, o que seria pronunciado como “endjin”. Já a palavra management é pronunciada como “maenidjment”. No alfabeto fonético elas são escritas da seguinte forma: Engine = /’en.dgin/ e Management = /’mæn.ida.mant/. Além disso, o símbolo (‘) designa a sílaba tônica da palavra.

Alfabeto fonético e os demais idiomas

Além do alfabeto fonético internacional ser considerado uma alternativa de estudo para quem deseja aprender o inglês, essa ferramenta é útil no aprendizado de qualquer outro idioma, como o espanhol, o francês, o alemão, entre tantos outros. Também é muito necessária, inclusive, para falar corretamente o português de Portugal, que apesar de bastante semelhante ao português do Brasil, o que, em geral, costuma ser diferente, é a entonação que se dá às palavras.

Desta forma, quem estiver sem dinheiro para investir num curso de idiomas, ou mesmo quem deseja aprender outra língua mais por hobby do que por necessidade, pode ser um autodidata e se basear no alfabeto fonético. Ao menos, em termos de pronunciação, é extremamente importante para não errar na hora de se comunicar verbalmente.

Alfabeto Fonético